A eficácia dos recursos fisioterapêuticos no ganho da amplitude de abertura bucal em pacientes com DTM


>




Resumo

Introdução: A Articulação Temporomandibular (ATM) é um dos componentes do sistema estomatognático e vem sendo estudada por diversas áreas das ciências da saúde. Qualquer alteração em um dos constituintes articulares e musculares da ATM predispõe ao aparecimento das Disfunções Craniomandibulares (DCMs). A DCM caracteriza‑se
por diversos sinais e sintomas, como a limitação dos movimentos mandibulares, sendo classificada em musculares, articulares e musculoarticulares. A limitação dos movimentos da mandíbula pode estar associada à dor e aos desarranjos internos da ATM. Com isso, a fisioterapia é uma alternativa de tratamento das DCMs, melhorando
os sinais e sintomas que as envolvem. Objetivo: Identificar a eficácia dos recursos fisioterapêuticos no ganho da amplitude de abertura bucal em pacientes com DCM, por meio de uma revisão de literatura. Metodologia: Foi realizado um levantamento bibliográfico nas seguintes bases de dados: PUBMED, SciELO, PEDro, HighWire Press
e PERIÓDICOS CAPES no período de 1998 a 2008. Além disso, foram utilizados livros atualizados referentes ao tema abordado. Resultado: Dezessete artigos foram analisados, sendo cinco constatando a limitação de abertura bucal; os demais descreveram e sugeriram tratamentos para melhorar a amplitude de abertura bucal em pacientes com DCM. Conclusão: Foi observada melhora na amplitude de abertura da boca em pacientes com DCM, mediante os tratamentos propostos nos artigos revisados.

Palavras-chave: Abertura bucal; disfunções craniomandibulares e temporomandibular; articulação temporomandibular.

Leia o resto do artigo clicando aqui


Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário