A ATM (articulação temporomandibular) é formada pelo osso temporal do crânio com a mandíbula, constituída pelo disco articular, tecido re...

O que pode levar a pessoa a ter uma disfunção temporo-mandibular?


A ATM (articulação temporomandibular) é formada pelo osso temporal do crânio com a mandíbula, constituída pelo disco articular, tecido retrodiscal (zona bilaminar), membrana sinovial, cartilagem articular, cápsula articular e superfície articular, que é formada pelo côndilo da mandíbula e a fossa mandibular do osso temporal.

Disfunções temporomandibulares (DTM) são um resultado de problemas no maxilar, articulações maxilares e músculos faciais que controlam esse movimento. Outro nome comum para esse problema são disfunções da ATM.

A DTM ocorre mais comumente em mulheres entre 20 e 40 anos, mas pode ocorrer com qualquer pessoa.

Outros fatores estão associados com o desenvolvimento de distúrbios da ATM. No entanto, não há provas de que esse fatores causem os transtornos. Eles incluem:

Uso prolongado de aparelhos ortodônticos
Má postura, que afeta os músculos do pescoço e rosto
Estresse
Má alimentação
Falta de sono.

0 comentários:

A disfunção temporomandibular (DTM) é caracterizada pela alteração funcional ou patológica que afeta a articulação tempo...

Efeitos da fisioterapia na disfunção temporomandibular

http://www.alternativasaudavel.com.br/images/slide-cervicalgia-600_300.jpg

A disfunção temporomandibular (DTM) é caracterizada pela alteração funcional ou patológica que afeta a articulação temporomandibular (ATM), podendo trazer prejuízos dos músculos mastigatórios e sistema estomatognático. O número de portadores da DTM está aumentando cada vez mais, possivelmente pela influência da tensão psicológica da atualidade, com base nos conceitos atuais etiológicos, condições físicas e sistêmicas, assim como fatores psicológicos são responsáveis pela orientação e manutenção de DTM.

Os sintomas da DTM incluem dor persistente ou recorrente nos músculos da mastigação ou na ATM, limitações ou desvios do movimento mandibular, ruídos na ATM, desconforto articular e dor de cabeça. Além do comprometimento da funcionalidade, esses fatores interferem consideravelmente na qualidade de vida (QV) desses indivíduos.

Para amenizar os sintomas da DTM, a terapia manual visa, por meio de técnicas de manipulação, mobilização e exercícios específicos, estimular a propriocepção, produzir elasticidade das fibras aderidas, estimular o líquido sinovial e promover a redução da dor. Por isso, quando associada a outras técnicas fisioterápicas é de grande valia nos resultados do tratamento

Orientações de exercícios domiciliares e reeducação postural nas atividades de vida diária podem auxiliar no controle da sintomatologia da DTM. Ainda, combinados a exercícios terapêuticos e terapia manual podem ser eficazes no tratamento de pacientes com deslocamento de disco e beneficiar os pacientes que não têm sucesso com tratamentos convencionais. Ressalta-se ainda a efetividade da associação da abordagem terapêutica cervical com o tratamento orofacial em pacientes com cefaleia cervicogênica associada a sinais e sintomas de DTM.

A Fisioterapia tem efeito positivo na vida dos pacientes, principalmente porque trata a dor e a causa do problema, depois de identificado.

Para o fisioterapeuta que lida com essa especialidade, recomendo o mini-curso de Fisioterapia na ATM. E para saber mais de Testes Ortopédicos, recomendo o Guia de Testes Ortopédicos em e-book.

0 comentários:

Faça Fisioterapia