Possíveis tratamentos para disfunção temporo-mandibulares


>



http://1.bp.blogspot.com/_ut8r1RPc-JE/TNWPdVLG8iI/AAAAAAAAELM/oHQ79jxaw-I/s1600/ATM+55.jpg

Até 40% dos adultos têm estalos na boca que não implicam em nenhum problema para a saúde. Alguns indivíduos simplesmente não conseguem abrir a boca sem desencaixe e estalos por causa da constituição física. Mas aí, a solução é não fazer uma abertura da boca tão grande.

Quando realmente temos um problema na boca, é preciso procurar um dentista especializado em disfunção temporomandibular. Entretanto, nem sempre é necessário passar pela cirurgia ortognática. Algumas técnicas relaxam a musculatura e mudanças de alguns hábitos também podem ajudar. Apenas 1% dos pacientes realmente necessita de cirurgia, que é cara, traz riscos e pode não funcionar.

Um dos tratamentos menos invasivos é com agulhas de acupuntura, em um procedimento chamado agulhamento seco. As agulhas entram em camadas mais fundas que as da ação da acupuntura e estimulam o ponto gatilho, desfazendo o nó. Massagens, terapias com calor e fisioterapia também são utilizadas.

Como os estudos sobre a segurança e a eficácia da maioria dos tratamentos para a ATM ainda são escassos, os especialistas recomendam utilizar os tratamentos mais conservadores e reversíveis possíveis. Estes não causam alterações permanentes na estrutura ou posição da mandíbula ou dentes. Mesmo quando a disfunção da ATM provoca sintomas persistentes, a maioria dos pacientes não precisa de tipos de tratamento invasivos.
Os tratamentos conservadores:
  • Auto cuidado
  • Durante um período de tempo comer alimentos mais macios,
  • Aplicação de compressas de gelo,
  • Evitar movimentos mandibulares extremos (como bocejo largo, cantar alto, e mascar pastilha elástica,
  • Aprender técnicas de relaxamento e redução do stress,
  • O seu médico ou fisioterapeuta podem recomendar alguns exercícios, de relaxamento e alongamento que podem ajudar a aumentar a amplitude de movimento da mandíbula.
  • O uso a curto prazo de medicamentos analgésicos ou anti-inflamatórios não-esteróides (AINEs), como o ibuprofeno, pode proporcionar um alívio temporário do desconforto maxilar.
  • O seu médico ou dentista pode recomendar um aparelho bucal, também chamado de tala de estabilização da mordida, que é um protector de plástico que se encaixa sobre os dentes superiores ou inferiores. Estas talas de estabilização são os tratamentos mais usados para distúrbios da ATM, no entanto, estudos da sua eficácia no alívio da dor, não foram conclusivos.

Os tratamentos conservadores descritos são úteis para o alívio temporário da dor - mas não são a cura para os distúrbios da ATM. Se os sintomas continuarem ao longo do tempo, ou piorarem, informe o seu médico.



Possíveis tratamentos para disfunção temporo-mandibulares Possíveis tratamentos para disfunção temporo-mandibulares Revisado by Faça Fisioterapia on 05:22 Nota: 5

Nenhum comentário